Alunos contemplados em 2017 apresentam ao Cremesp os resultados finais de seus trabalhos

A turma de estudantes de Medicina contemplada com bolsas de estudo em Bioética e Ética Médica no ano passado trouxe ao Conselho Regional de Medicina (Cremesp), em 19 de janeiro, os resultados finais de seus trabalhos. Além dos benefícios acadêmicos – e da ajuda mensal de R$ 676,80, equivalente à concedida em iniciação científica pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) –, os três melhores em breve, serão apresentados à plenária da Casa.

Entre os temas dos projetos estiveram o uso da placenta humana em estudos científicos; o impacto do chamado “currículo oculto” entre os alunos de medicina; dilemas éticos presentes na sedação paliativa; e se é adequado que o médico trabalhe doente. Dezenove alunos participaram, em 2017, deste programa pioneiro do Centro de Bioética do Cremesp – número que veio a se somar aos mais de 260 alunos participantes desde 2001.

A longevidade e importância da empreitada com alunos inspiraram o Cremesp a, em 2016, a estendê-lo a Residentes Médicos – em ambos os casos as bolsas começam a vigorar a partir de fevereiro de 2018.

Publicações

No evento, o conselheiro Reinaldo Ayer de Oliveira, coordenador do Centro de Bioética e responsável pela atividade desde seu início, reforçou que um dos principais objetivos do programa é incentivar que alunos escrevam sua pesquisa em forma de artigos científicos, e os submetam a periódicos como, por exemplo, a Revista Brasileira de Educação Médica (RBEM) e a Revista Bioética, do Conselho Federal de Medicina (CFM), entre outros.

Além dele, marcaram presença no encontro orientadores e familiares dos alunos do 1º ao 5º ano de Medicina (ou do 3º ao 10º semestre) e Isac Jorge Filho, delegado regional do Cremesp de Ribeirão Preto.

Vale lembrar que, aprender a trabalhar pode configurar-se na abertura de caminho a uma área futura. Além disso, o estudo da Ética Médica e da Bioética pode ser somado aos currículos, seja para a Residência, seja para agregar à própria profissão médica.

 

Universidades

Estiveram representadas no ano passado as faculdades: Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP); Faculdade de Medicina do ABC (FMABC); Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP); Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP); Universidade Cidade de São Paulo (UNICID); Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP-USP); Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP); Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP); Universidade São Francisco (USF); Faculdade de Medicina de Marília (FAMEMA).

A lista completa, com o nome dos alunos, as respectivas universidades, orientadores e os temas dos trabalhos podem ser conferidos no site do Centro de Bioética.


Esta página teve 583 acessos.

(11) 4349-9983
cbio@cremesp.org.br
Twitter twitter.com/CBioetica

Rua Frei Caneca, 1282 - Consolação - São Paulo/SP - CEP: 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO - (11) 4349-9900 das 8h às 20h

HORÁRIO DE EXPEDIENTE - das 9h às 18h