01-07-2019

Atendimento a transgêneros

O American College of Physicians lançou, no início de julho, novas regras voltadas ao atendimento médico de pacientes transgêneros. Figuram do rol terminologias a serem usadas junto a este público, gerenciamento médico, cirurgias específicas e questões médico-legais e sociais. 

As diretrizes também se destinam à melhora de ambientes clínicos, como  o fornecimento de banheiros inclusivos; e do treinamento a membros da equipe. Sugerem ainda a superação de deficiências no prontuário eletrônico deste contingente. 

A primeira versão das normas foi lançada há pelo menos dez anos, sendo inicialmente dirigida a endocrinologistas – especialidade que era vista como a "de referência" desses pacientes. O rol de especialidades foi expandido a especialistas em Medicina Interna e Medicina de Família, pois o atendimento a pessoas trans está no escopo de suas práticas. 

Contingente significativo 

Nos EUA, estima-se que 1,4 milhão de adultos se identifiquem como transgêneros. 

“Se você atende 5.000 pacientes em um ano, consciente ou inconscientemente, verá algumas dezenas de pessoas com diferenças de gênero" disse Frederic Ettner, especialista em Medicina de Família em Illinois, Estado ao centro-oeste dos EUA.  Gillian Branstetter, porta-voz do Centro Nacional para a Igualdade de Transgêneros, dos EUA, crê que as novas diretrizes possam dar luz ao tema. “Mais de a metade de todos os transgêneros tiveram que ensinar seus provedores sobre seus cuidados de saúde”, disse ela.

Uma área obscura de atendimento ao transgênero envolve a triagem de riscos de determinados tumores. Qual é a abordagem adequada no rastreio ao câncer de colo de útero junto a homens trans? E ao câncer de próstata com mulher trans? Por enquanto, o American College of Physicians recomenda que “os provedores realizem a vigilância do câncer com base nos órgãos presentes, não na identidade de gênero”.

Fontes: Stat News e Bioethics.com


Esta página teve 30 acessos.

(11) 4349-9983
cbio@cremesp.org.br
Twitter twitter.com/CBioetica

Rua Frei Caneca, 1282 - Consolação - São Paulo/SP - CEP: 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO - (11) 4349-9900 das 9h às 20h

HORÁRIO DE EXPEDIENTE - das 9h às 18h